CAETANO VELOSO, “Um índio” (Português / Castellano).

TEMAS..: memorial/musica-de-autor/social

“CAETANO VELOSO – UM ÍNDIO”

caetano-bicho

(TEXTO CON LA FINALIDAD DE ESTIMULAR LA LECTURA Y LA COMPRENSIÓN DEL IDIOMA PORTUGUÊS).

 

 

Eaeh galerinha… Esta pagina foi criada para estimular o intercambio de idiomas (português & castellano) para a compreensão comum na América Latina. Também para a introdução do idioma “Castellano” na educação pública no Brasil.

FORÇA AMÉRICA LATINA …. Obrigado pelo espaço.

 

 

Video..:   https://www.youtube.com/watch?v=dPdfwzYuOsw

 

LETRA/CANÇÃO.: Um índio.

COMPOSITOR: Caetano Veloso (Santo Amaro, 7 de agosto de 1942).

ÁLBUM.: Bicho (1977).

 

Um índio. (Original).

 

Um índio descerá de uma estrela colorida, brilhante

De uma estrela que virá numa velocidade estonteante

E pousará no coração do hemisfério sul

Na América, num claro instante

Depois de exterminada a última nação indígena

E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida

Mais avançado que a mais avançada das mais avançadas das tecnologias.

 

Virá…

Impávido que nem Muhammad Ali

Virá que eu vi

Apaixonadamente como Peri

Virá que eu vi

Tranqüilo e infálivel como Bruce Lee

Virá que eu vi

O axé do afoxé Filhos de Gandhi

Virá!”.

 

Um índio preservado em pleno corpo físico

Em todo sólido, todo gás e todo líquido

Em átomos, palavras, alma, cor

Em gesto, em cheiro, em sombra, em luz, em som magnífico

Num ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico

Do objeto-sim resplandecente descerá o índio

E as coisas que eu sei que ele dirá, fará

Não sei dizer assim de um modo explícito

 

“Virá…

Impávido que nem Muhammad Ali

Virá que eu vi

Apaixonadamente como Peri

Virá que eu vi

Tranqüilo e infálivel como Bruce Lee

Virá que eu vi

O axé do afoxé Filhos de Gandhi

Virá!

 

E aquilo que nesse momento se revelará aos povos

Surpreenderá a todos não por ser exótico

Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto

Quando terá sido o óbvio

 

…………………………………………………

(TEXTO COM A FINALIDADE DE ESTIMULAR A LEITURA E A COMPREENSÃO DO IDIOMA CASTELLANO).

 

 

Hola compañerosss ….   Esta pagina es para estimular el intercambio de idiomas (castellano & português) para la comprensión comun en Latinoamerica. También por la introducción del idioma  “Castellano”  en la educación publica en Brasil.

Fuerza Latinoamerica!!  Gracias por el apoyo!

 

 

UM INDÍGENA (adap./trad. Castellano)

 

Un índigena descerá de una estrella colorida, brillante

De una estrella que vendrá en una velocidad deslumbrante

Y aterrizará en el corazón del hemisfério sur

En la América, en un momento

Después de extermidada la última nación indigena

Y el espírito de los pajaros, de las fuentes de agua limpia

Más avanzado que la más avanzada de las más avanzadas tecnologías

 

“Vendrá…

 Intéprido igual Muhammad Ali

Vendrá, lo ví!

Apasionadamente igual que Peri

Vendrá, lo ví!

Tranquilo e infalible igual Bruce Lee

Vendrá, lo ví!

El “axé do afoxé”. Hijos de Gandhi

Vendrá!”

 

Un indígena preservado en pleno cuerpo físico

En todo sólido, todo gás y todo líquido

En átomos, palabras, alma, color

En gesto, en olor, en sombra, en luz, en son magnífico

En un punto equidistante entre el Atlantico y el Pacífico

Del objeto, sí resplandeciente bajará un indigena

Y las cosas que yo sé que él dirá, hará

No sé decir así de un modo explícito

 

“Vendrá…

 Intéprido igual Muhammad Ali

Vendrá, lo ví!

Apasionadamente igual que Peri

Vendrá, lo ví!

Tranquilo e infalible igual Bruce Lee

Vendrá, lo ví!

El “axé do afoxé”. Hijos de Gandhi

Vendrá!”.

 

Y todo aquello que en este momento se revelará a los pueblos

Há de sorprender a todos no por ser exótico

Pero por el hecho de haber podido siempre estado oculto

Cuando tendrá sido el obvio.

…………………………………………..

Pagina em FACEBOOK:

 https://www.facebook.com/criticalatinoammerica/

brasil-por-debajo-la-alfombra-que-na-terra-de-saci-e-voadora

Anúncios

CALLE-13, “Latinoamerica” (Castellano / Português).

Temas..: calle13/rap-fuzão-folk/canto-canção/composição

“CALLE-13” – “LATINOAMERICA”

 calle_13_-_entren_los_que_quieran

 

(TEXTO COM A FINALIDADE DE ESTIMULAR A LEITURA E A COMPREENSÃO DO IDIOMA CASTELLANO).

 

 

Hola compañerosss ….   Esta pagina es para estimular el intercambio de idiomas (castellano & português) para la comprensión comun en Latinoamerica. También por la introducción del idioma  “Castellano”  en la educación publica en Brasil.

Fuerza Latinoamerica!!  Gracias por el apoyo!

 

 

COMPOSICIÓN.: Latinoamerica

COMPOSITOR.: Calle-13 (Puerto Rico, 2005-2015)

ÁLBUM-AÑO.: Entran los que queiran (2010)

 

Video..: https://www.youtube.com/watch?v=aZD-kAn-IYM

 

LATINOAMERICA (Original)

 

Soy,
Soy lo que dejaron,
soy toda la sobra de lo que se robaron.
Un pueblo escondido en la cima,
mi piel es de cuero por eso aguanta cualquier clima.
Soy una fábrica de humo,
mano de obra campesina para tu consumo
Frente de frio en el medio del verano,
el amor en los tiempos del cólera, mi hermano.
El sol que nace y el día que muere,
con los mejores atardeceres.
Soy el desarrollo en carne viva,
un discurso político sin saliva.
Las caras más bonitas que he conocido,
soy la fotografía de un desaparecido.
Soy la sangre dentro de tus venas,
soy un pedazo de tierra que vale la pena.
soy una canasta con frijoles ,
soy Maradona contra Inglaterra anotándote dos goles.
Soy lo que sostiene mi bandera,
la espina dorsal del planeta es mi cordillera.
Soy lo que me enseño mi padre,
el que no quiere a su patria no quiere a su madre.
Soy América latina,
un pueblo sin piernas pero que camina.

Tú no puedes comprar al viento.
Tú no puedes comprar al sol.
Tú no puedes comprar la lluvia.
Tú no puedes comprar el calor.
Tú no puedes comprar las nubes.
Tú no puedes comprar los colores.
Tú no puedes comprar mi alegría.
Tú no puedes comprar mis dolores.

Tengo los lagos, tengo los ríos.
Tengo mis dientes pa` cuando me sonrío.
La nieve que maquilla mis montañas.
Tengo el sol que me seca y la lluvia que me baña.
Un desierto embriagado con bellos de un trago de pulque.
Para cantar con los coyotes, todo lo que necesito.
Tengo mis pulmones respirando azul clarito.
La altura que sofoca.
Soy las muelas de mi boca mascando coca.
El otoño con sus hojas desmalladas.
Los versos escritos bajo la noche estrellada.
Una viña repleta de uvas.
Un cañaveral bajo el sol en cuba.
Soy el mar Caribe que vigila las casitas,
Haciendo rituales de agua bendita.
El viento que peina mi cabello.
Soy todos los santos que cuelgan de mi cuello.
El jugo de mi lucha no es artificial,
Porque el abono de mi tierra es natural.

Tú no puedes comprar al viento.
Tú no puedes comprar al sol.
Tú no puedes comprar la lluvia.
Tú no puedes comprar el calor.
Tú no puedes comprar las nubes.
Tú no puedes comprar los colores.
Tú no puedes comprar mi alegría.
Tú no puedes comprar mis dolores.

Você não pode comprar o vento
Você não pode comprar o sol
Você não pode comprar chuva
Você não pode comprar o calor
Você não pode comprar as nuvens
Você não pode comprar as cores
Você não pode comprar minha felicidade
Você não pode comprar minha tristeza

Tú no puedes comprar al sol.
Tú no puedes comprar la lluvia.
(Vamos dibujando el camino,
vamos caminando)
No puedes comprar mi vida.
MI TIERRA NO SE VENDE.

Trabajo en bruto pero con orgullo,
Aquí se comparte, lo mío es tuyo.
Este pueblo no se ahoga con marullos,
Y si se derrumba yo lo reconstruyo.
Tampoco pestañeo cuando te miro,
Para q te acuerdes de mi apellido.
La operación cóndor invadiendo mi nido,
¡Perdono pero nunca olvido!

(Vamos caminando)
Aquí se respira lucha.
(Vamos caminando)
Yo canto porque se escucha.

Aquí estamos de pie
¡Que viva Latinoamérica!

No puedes comprar mi vida.

 

…………………………………………………

(TEXTO CON LA FINALIDAD DE ESTIMULAR LA LECTURA Y LA COMPRENSIÓN DEL IDIOMA PORTUGUÊS).

 

 

Eaeh galerinha… Esta pagina foi criada para estimular o intercambio de idiomas (português & castellano) para a compreensão comum na América Latina. Também para a introdução do idioma “Castellano” na educação pública no Brasil.

FORÇA AMÉRICA LATINA …. Obrigado pelo espaço.

 

 

América Latina (trad./adap. Português)

 

Eu sou, eu sou o que sobrou

Sou todo o resto do que roubaram

Um povo escondido no topo

Minha pele é de couro, por isso aguenta qualquer clima

Eu sou uma fábrica de fumaça

Mão de obra camponesa, para o seu consumo

Frente fria no meio de verão

O amor nos tempos do cólera, meu irmão!

Eu sou o sol que nasce e o dia que morre

Com os melhores entardeceres

Sou o desenvolvimento em carne viva

Um discurso político sem saliva

As mais belas faces que conheci

Sou a fotografia de um desaparecido

O sangue em suas veias

Sou um pedaço de terra que vale a pena

Uma cesta com feijão, eu sou maradona contra a inglaterra

Marcando dois gols

Sou o que sustenta minha bandeira

A espinha dorsal do planeta, é a minha cordilheira

Sou o que me ensinou meu pai

O que não ama sua pátria, não ama a sua mãe

Sou américa latina, um povo sem pernas, mas que caminha

Ouve!

 

Toto la momposina:

Você não pode comprar o vento

Você não pode comprar o sol

Você não pode comprar chuva

Você não pode comprar o calor

Maria Rita:

Você não pode comprar as nuvens

Você não pode comprar as cores

Você não pode comprar minha alegria

Você não pode comprar as minhas dores

Toto o Momposina:

Você não pode comprar o vento

Você não pode comprar o sol

Você não pode comprar chuva

Você não pode comprar o calor

Susana Bacca:

Você não pode comprar as nuvens

Você não pode comprar as cores

Você não pode comprar minha alegria

Você não pode comprar as minhas dores

 

Calle 13

Tenho os lagos, tenho os rios

Eu tenho os meus dentes pra quando eu sorrio

A neve que maquia minhas montanhas

Eu tenho o sol que me seca e a chuva que me banha

Um deserto embriagado com cactos

Um gole de pulque para cantar com os coiotes

Tudo que eu preciso, eu tenho meus pulmões respirando azul claro

A altura que sufoca,

Sou os dentes na minha boca, mascando coca

O outono com suas folhas caídas

Os versos escritos sob as noites estreladas

Uma vinha repleta de uvas

Um canavial sob o sol em cuba

Eu sou o mar do caribe, que vigia as casinhas

Fazendo rituais de água benta

O vento que penteia meus cabelos

Sou, todos os santos pendurados em meu pescoço

O suco da minha luta não é artificial

Porque o adubo de minha terra é natural

 

Toto o Momposina:

Você não pode comprar o vento

Você não pode comprar o sol

Você não pode comprar chuva

Você não pode comprar o calor

Susana Bacca:

Você não pode comprar as nuvens

Você não pode comprar as cores

Você não pode comprar minha alegria

Você não pode comprar as minhas dores

Maria Rita:

Não se pode comprar o vento

Não se pode comprar o sol

Não se pode comprar a chuva

Não se pode comprar o calor

Não se pode comprar as nuvens

Não se pode comprar as cores

Não se pode comprar minha’legria

Não se pode comprar minhas dores

 

Você não pode comprar o sol…

Você não pode comprar chuva

(Vamos caminhando)

No riso e no amor

(Vamos caminhando)

No pranto e na dor

(Vamos desenhando o caminho)

No pode comprar a minha vida

(Vamos caminhando)

A terra não se vende

 

Trabalho árduo, porém com orgulho

Aqui se divide, o que é meu é seu

Este povo não se afoga com as marés

E se derruba, eu reconstruo

Tampouco pisco quando eu te vejo

Para que recordem do meu sobrenome

A operação condor invadindo meu ninho

Perdoo porém nunca esqueço

Hey!

 

Vamos caminhando

Aqui se respira luta

Vamos caminhando

Eu canto porque se ouve

Vamos desenhando o caminhando

(Vozes de um só coração)

Vamos caminhando

Aqui estamos de pé

Que viva a America!

Não podes comprar minha vida…

………………………………………….

Pagina em FACEBOOK:

 https://www.facebook.com/criticalatinoammerica/

brasil-por-debajo-la-alfombra-que-na-terra-de-saci-e-voadora

 

ATTACK77, “Amigo”…(Português / Castellano).

TEMAS: attaque77-roberto.carlos-erasmo.carlos/argentina-brasil/mpb>rock-latino/interpretaciones

otras

“Amigo” – Roberto Carlos & Erasmos Carlos. Por Attack77

 

(TEXTO COM A FINALIDADE DE ESTIMULAR A LEITURA E A COMPREENSÃO DO IDIOMA CASTELLANO).

 

 

Hola compañerosss ….   Esta pagina es para estimular el intercambio de idiomas (castellano & português) para la comprensión comun en Latinoamerica. También por la introducción del idioma  “Castellano”  en la educación publica en Brasil.

Fuerza Latinoamerica!!  Gracias por el apoyo!

 

 

Composición.: Amigo

Compositor(es).:

Roberto Calos  (Cachoeiro de Itapemirim – Espirito Santo, 1941)

Erasmos Carlos (Rio de Janeiro, 1941)

Álbum.: RobertoCarlos (1977).

 

Interprete.: Attaque77

Álbum.: Outras Canciones (1998)

 

Video.: https://www.youtube.com/watch?v=jH9rIix3YB0</a>

 

 

Amigo (adap./trad. Castellano)

 

Tu eres mi hermano del alma,  realmente el amigo
Que en todo camino y por nada esta siempre conmigo
Aunque eres un hombre  aun tienes el alma de un niño
Aquel que me da su amistad su respeto y cariño. ..

Recuerdo que juntos pasamos muy duros momentos
Y tu no cambiaste por fuertes que fueran los vientos
Es tu corazón una casa de puertas abiertas
tu eres realmente el mas cierto en horas inciertas…

En ciertos momentos difíciles que hay en la vida
Buscamos a quien nos ayude a encontrar la salida
Y aquella palabra de fuerza y de fe que me has dado
Me da la certeza que siempre estuviste a mi lado…

Tu eres mi amigo del alma en toda jornada
Sonrisa y abrazo festivo en cada llegada
Me dices verdades tan grandes con frases abiertas
Tu eres realmente el mas cierto en horas inciertas…
No preciso ni decir todo esto que te digo
Pero es bueno así sentir, que eres tu mi gran amigo.

 

…………………………………………….

(TEXTO CON LA FINALIDAD DE ESTIMULAR LA LECTURA Y LA COMPRENSIÓN DEL IDIOMA PORTUGUÊS).

 

 

Eaeh galerinha… Esta pagina foi criada para estimular o intercambio de idiomas (português & castellano) para a compreensão comum na América Latina. Tembém para a introdução do idioma “Castellano” na educação pública no Brasil.

FORÇA AMÉRICA LATINA …. Obrigado pelo espaço.

 

 

AMIGO (Original)

 

Você meu amigo de fé, meu irmão camarada
Amigo de tantos caminhos e tantas jornadas
Cabeça de homem mas o coração de menino
Aquele que está do meu lado em qualquer caminhada…
Me lembro de todas as lutas, meu bom companheiro
Você tantas vezes provou que é um grande guerreiro
O seu coração é uma casa de portas abertas
Amigo você é o mais certo das horas incertas…

Às vezes em certos momentos difíceis da vida
Em que precisamos de alguém pra ajudar na saída
A sua palavra de força, de fé e de carinho
Me dá a certeza de que eu nunca estive sozinho…

Você meu amigo de fé, meu irmão camarada
Sorriso e abraço festivo da minha chegada
Você que me diz as verdades com frases abertas
Amigo você é o mais certo das horas incertas…

Não preciso nem dizer tudo isso que eu lhe digo
Mas é muito bom saber que você é meu amigo.
………………………………………….

(CONFIRA OUTRAS CANÇÕES //// CONFIRA OTRAS CANCIONES )

Pagina em FACEBOOK:

 https://www.facebook.com/criticalatinoammerica/

brasil-por-debajo-la-alfombra-que-na-terra-de-saci-e-voadora

La Agencia Tributaria registra las oficinas de Google en España por supuesto fraude

#ESPAÑA : ESCANDALO GOOGLE.

Efectivos de la Agencia Tributaria han iniciado un registro en las oficinas de Google en España dentro de una investigación por supuesto fraude y evasión fiscal. El operativo se está desarrollando en la sede de la Torre Picasso de la compañía y en su campus, ambos situados en Madrid. Según informa El Mundo, el pago de IVA y del impuesto de no residentes han motivado estas indagaciones.

En un comunicado enviado a los medios, Google asegura que cumple “con la legislación fiscal en España al igual que en todos los países en los que operamos. Estamos cooperando con las autoridades en España para responder a todas sus preguntas, como siempre”.

Ver o post original 157 mais palavras

La Agencia Tributaria registra las oficinas de Google en España por supuesto fraude

Efectivos de la Agencia Tributaria han iniciado un registro en las oficinas de Google en España dentro de una investigación por supuesto fraude y evasión fiscal. El operativo se está desarrollando …

Fonte: La Agencia Tributaria registra las oficinas de Google en España por supuesto fraude

Paramilitares y extrema derecha integran una empresa que ejecuta desalojos extrajudiciales

#ESPAÑA ….PARAMILITARES

El pelotón de Desokupa efectuó el desalojo de Can Dimoni extrajudicialmente y con la tolerancia de los Mossos.

Una campaña denuncia la connivencia entre una inmobiliaria de pisos de alto standing y Desokupa, una empresa de desalojos formada por milicianos de Europa del Este y luchadores de artes marciales.

Jueves 14 de abril de 2016 en el número 20 de la calle José Torres, en el corazón de la Gracia gitana, en Barcelona. Cuatro de la tarde. Un grupo de ocho hombres corpulentos, acompañados de un albañil y un cerrajero, agujerean y sierran con una radial la puerta de acceso de este inmueble construido en 1892, catalogado como patrimonio histórico, abandonado durante años y okupado por un grupo de jóvenes en el mes de julio del año pasado cuando estaba en estado de degradación.

Ver o post original 1.981 mais palavras